É...TUDO É POSSÍVEL

Olha eu na tv! Já fizemos vários programas de TV, mas todos regionais ou em tv fechada. O nosso primeiro programa em rede nacional por tv aberta acabou de passar na Rede Record. Fizemos uma breve aparição no programa Tudo é Possível, da apresentadora Eliana. Vamos aos fatos. Sem a menor modéstia, eu estou lindo. uhahuahuahua. Que figurino, que pele, que cabelo! O que me leva a crer que nem todo mundo é tão bonito assim quanto aparece na televisão. Minha mãe disse que eu parecia um galã. Analisemos essa frase. Se minha mãe disse que eu PARECIA, é porque nem ela me acha lá essas coisas! Não acreditem no que vocês costumam assistir. Eu não acredito em Ana Hickman. Aquilo é feito em computador, certeza! Fomos levados pelo Reginaldo Rossi, que participava de um quadro do programa e tocamos "Em Plena Lua de Mel" com ele. Foi bem rápido. Confesso que me senti meio o Geninho da She-Ra. Lembra dele? Quando acabava o desenho ele aparecia e perguntava: e aí amiguinho? Conseguiu me encontrar durante esse episódio?? Ainda cortaram (mais) uma versão (de novo) desafinada de "Como que ocê pôde abandoná eu?". Mas foi bom, muito bom. Curiosidades:
1. Eu não conheci a Eliana, tudo o que eu conversei com ela durante toda a minha vida está nos 30 segundos do vídeo. Mas deixei meu msn anotado no mural de recados da produção do programa. Vai que ela fica online ne?
2. Eu sou cagado de arara mesmo! O quadro de que o Rossi participou costuma ser emoldurado por belas garotas. Na única vez em que fomos convidados a ir ao programa o quadro foi trocado para a apresentação de seis saradões de alcunha "Ricardões". AFF!!
3.a. Minha namorada disse que eu estava lindo, mas que o lenço no pescoço me deixava uma bicha louquíssima. ou louquérrima!!! Ela se sente confortável com essa situação uhahuahuauhahu
3.b. Eu tava com um visual de inverno, mas fazia um calor de doer. O pior é que enquanto eu assistia ao programa vestia uma bermuda bem fuleira e uma camiseta de time de futebol. E tava feio, muito feio!!!
4. Nos corredores da Record eu cruzei com os comentaristas esportivos, os Ricardões, os jornalistas. Ana Hickman que é bom, necas!! O que reforça a minha tese sobre sua inexistência no mundo real, em 3D.
5. Durante toda a música eu sentia uma vontade incrível de ir ao banheiro. E não era xixi. E tava na portinha. Nem tudo aquilo que se vê é dancinha, às vezes era uma tentativa desesperada de espantar o Ali Babá do Abre-te Sésamo!

Sei que outros programas como esse vão rolar em breve. A gente vai pegando a manha. Como aparecer melhor no vídeo, qual roupa escolher, como resumir o que se tem pra dizer. Mas nunca mais me esqueço de ir ao banheiro antes.

_______________________________________________

Mudando de assunto: Meu sobrinho tem dois anos de idade. Lindo, fofo, mas dá um trabalho! Está naquela fase em que não consegue se comunicar direito e nem adianta tentar explicar as coisas porque ele não entende. Está aprendendo as expressões cotidianas. Ontem fui dar uma bronca nele porque fazia bagunça na mesa do almoço. Ele faz uma carinha de gato do Shrek e diz: DICUPA!! Não tem como continuar brigando. Aprendeu há poucos dias esta palavra. Antes dessa descoberta minha irmã passava-lhe um sermão e ele já havia sacado do seu arsenal a carinha de santo. Mas não encontrava a palavra mágica que desfazia a bronca. Ela falava e ele: - hmmmm. Ela continuava a bronca e no desespero dele em encontrar a expressão, disse: BOA NOITE!! uhahuahuahua

O Lucas é filho da minha namorada e tem 6 anos...
(Pausa pra um comentário sujo: obviamente ele não é filho dela somente. Há um pai! Mas que nós, padrastos - que palavra horrível, culpa dos contos de fadas - parecemos desprezar a existência, por um motivo simples: O menino foi CONCEBIDO. E, por concepção, subentende-se aquele ato amoroso que também desprezamos que nossa atual namorada já tenha feito!)
retomemos...ele está fazendo aulas de xadrez e me perguntou se eu sabia jogar. Disse que sim. Resposta errada. Acabei me colocando numa situação ridícula. Não há saída, ou perco de um menino de 6 anos, ou terei que estudar xadrez. Ou você não acha ridícula a cena de ter que procurar pela internet um tutorial de xadrez a fim de ganhar de um menino de 6 anos?? Quando ele começar a executar as jogadas que aprende na aula e me disser Xeque-Mate, vou dizer: -hmmmmm, BOA NOITE!!

 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Centro-Oeste, GOIANIA, SETOR BUENO, Homem, de 26 a 35 anos

 
Visitante número: